quinta-feira, dezembro 08, 2005

Paradoxo do Dia

Depois de ter violado sucessivamente a lei eleitoral, fazendo campanha pelo PS e pelo seu filho à boca das urnas, Mário Soares veio agora insinuar que estas eleições... poderiam não ser limpas.

Sem comentários:

Enviar um comentário