segunda-feira, março 10, 2008

Notas pós-férias (2)

Augusto Santos Silva, o Ministro Censor, dá bem conta do desnorte a que chegou uma certa parcela do governo. Ao contrário da Ministra da Educação, que bem ou mal se vai defendendo, o senhor Ministro da Censura (aka dos Assuntos Parlamentares) voltou a puxar de uns galões que não só lhe não pertencem (antes pelo contrário) como já foram devidamente engavetados nas últimas presidenciais. É tempo de alguma esquerda perceber que a razão lhe não pertence por decreto ou por herança. Sobretudo aquela parte da esquerda que, no seu passado, tudo fez para que a razão lhe fugisse.

Sem comentários:

Enviar um comentário