quinta-feira, abril 03, 2008

RE: Importa atender ao sucedido no período de análise da ERC

Caro Carlos,

A escolha do período de análise da ERC não foi deliberadamente o mais feliz. Precisamente porque permite que as suas conclusões possam ser desvalorizadas ou mitigadas exactamente pelos motivos que apontas.

Mas ainda assim, muito do que a ERC diz não pode ser desvalorizado com a presidência portuguesa da UE. Por exemplo, quando a ERC diz que "na distribuição da presença no serviço público dos diferentes partidos com assento parlamentar, é sistemática, e por isso justifica reparo crítico, a sub-representação do PSD nos diferentes serviços de programas da RTP". Esta subrepresentação ocorre quando comparado com os outros partidos e, portanto, fora do contexto da presidência portuguesa.

Isto já para não falar no conjunto de acontecimentos nacionais que tiveram lugar no mesmo período, como a abertura do ano escolar, o estatuto da carreira docente, a entrega de portáteis a alunos, o Orçamento do Estado, as OPAS, uma greve geral, a discussão sobre o Código do Processo Penal, o encerramento de serviços de urgência e centros de saúde ou a localização do novo aeroporto.

Sem comentários:

Enviar um comentário