terça-feira, outubro 18, 2011

Mais Estado, melhor Estado

As pessoas estão a EXAGERAR nas reacções ao Orçamento e ao Plano de Austeridade. Tenham calma. Chill, be happy!

O défice orçamental do Estado ainda não diminuiu, a dívida pública ainda não diminuiu. Foram três décadas e meia de "Mais Estado," [desejo concedido!], "melhor Estado" [hahahaha].

"Melhor Estado", "melhor Estado"... conceder crescentemente mais poder a políticos, eleitos pelas massas em troca de pequenos populismos imediatos; conceder crescentemente mais dinheiro a burocratas instalados, que fazem sua a vida dos outros, e depois não fazem nem deixam fazer; cultivar crescentemente a promiscuidade ("colaboração") entre política, órgãos estatais, forças "sociais", interesses económicos, media, tribunais — tudo em nome do causas muuuuito nobres — foi uma boa ideia não foi?

E agora é o "Mais Estado" — que se divertiu a gastar o que não tinha —, que vai decidir se "devemos" cortar pelo Estado, ou se pela sociedade. Relax, não vai doer nada.

Sem comentários:

Enviar um comentário