domingo, novembro 25, 2012

25 de Novembro, Sempre!

25 de Novembro, Sempre!:
Hoje é 25 de Novembro. Obrigado aos militares que souberam travar a loucura de alguns dos portugueses, entre os quais eu me encontrava. Imagem, amigos, se os SUV, PCP tivessem vencido e tomado o poder nesse dia?

Em que país viveríamos agora? Que mausoléu estaria edificado no alto do Parque Eduardo VII, no lugar onde se encontra o pirilau levantado pelo escultor Cutileiro?

Que estátua iria estar na Praça do Comércio, no lugar de D. José, a apontar com o braço direito para o local onde tinha estado a estátua do Cristo-Rei, destruída à bomba por não se encaixar na nova Lisboa socialista?

Que polícia estaria instalada na antiga sede da PIDE, na António Maria Cardoso? Como se chamariam clubes como Benfica, Sporting e Porto? Talvez “Operários do Benfica”, “Dínamo de Alvalade” e “CSKA do Porto?”

Que figura substituiria Pombal na Rotunda de Lénine, que ligava à Avenida Lénine, Avenida Estaline, etc.?

Onde ficaria a gigantesca piscina de água quente a céu aberto? No lugar do Panteão ou dos Jerónimos?

Não obstante o meu país se encontrar no estado em que todos conhecemos, continuo a acreditar que os militares do 25 de Novembro entrarão na História de Portugal com uma glória tão grande como aqueles que fizeram o 25 de Abril. Afinal, foram muitos os que participaram nesses dois acontecimentos fulcrais para os destinos do meu país.

E espero que nunca mais seja necessário que os militares saiam dos quartéis para resolver os problemas que os políticos civis não conseguem resolver.

Sem comentários:

Enviar um comentário