segunda-feira, novembro 05, 2012

Constituição falida

De como as constituições liquidam os regimes:
Não é difícil perceber que o regime saído e ainda marcado pela revolução de 74 não tem futuro. A forte carga ideológica da constituição impede a adaptação aos novos tempos, tal qual aconteceu com a de 1933. Durante 41 anos o país andou literalmente pendurado por um texto constitucional que não o deixava evoluir; preso a um texto que acabou por destruir aquilo que visava defender. Da mesma forma, continuamos agora amarrados a normas que não permitem preservar o que a cada dia que passa, e porque nada foi permitido fazer, se torna mais difícil assegurar.

Sem comentários:

Enviar um comentário