sexta-feira, novembro 09, 2012

décadas de socialismo empobrecedor

Uma optimista por Bruno Alves:
.. a "austeridade" não é uma escolha de pérfidos senhores apostados em empobrecer as pessoas comuns, mas sim o resultado de uma série de países (e pessoas comuns) se terem endividado mais do que seria comportável. Mas para piorar as coisas, não bastará que a crise das dívidas soberanas se resolva para que os sacrifícios terminem.
.. os países europeus .. herdaram generosos sistemas de providência, que têm de ser pagos por populações tão mais envelhecidas quanto menos ricas. Tal só será possível com a retirada de uma porção cada vez maior dos rendimentos dos que sustentam esses sistemas, com a diminuição dos benefícios que estes oferecem, ou com uma letal combinação das duas hipóteses ..
.. a minha geração continuará, se não desempregada, em empregos com baixos salários e sem segurança, sobrecarregada com impostos, para suportar aqueles com emprego protegido e pensões asseguradas pelo Estado. Cinco anos de austeridade não serão suficientes para pagar o futuro empenhado durante décadas. Sem culpas da "senhora Merkel".

Sem comentários:

Enviar um comentário