sexta-feira, novembro 09, 2012

Superação do modelo socialista

Excertos de A alternativa não mora ali por Adolfo Mesquita Nunes:
O PS manifestou-se enfim preocupado com o endividamento. Depois de seis anos dedicados a duplicar a dívida, os socialistas receiam a sustentabilidade da dita. É um avanço. Durante anos a dívida não era um problema e contribuía para o crescimento. Identificado o problema, como resolvê-lo?
O PS é contra o aumento de impostos, é contra os cortes na despesa e é contra uma política que combine estas opções. O PS é, no fundo, contra todas as soluções para o problema que, por si criado, agora identificou. É o PS em modo lesma, para que tudo fique na mesma. Ora na mesma não podemos ficar.
Já aqui várias vezes realcei a necessidade de nos centrarmos nos objectivos materiais, e não nominais, de correcção dos nossos desequilíbrios. São esses que contam e não nos obrigam a soluções que se anulam mutuamente. Mas esse caminho, que deve ser explorado, não pode ser inspirado pela vontade de manutenção do modelo socialista e seguimos nas últimas décadas. Antes pelo contrário. Qualquer alteração ao quadro de prazos e limites a que estamos obrigados deve ter precisamente como objectivo e fundamento a superação desse modelo socialista que nos arruinou.
Leitura integral recomendada

Sem comentários:

Enviar um comentário