segunda-feira, dezembro 31, 2012

A grande distorção

A grande distorção por Carlos Guimarães Pinto:
.. como sempre quando se tenta planear uma economia a partir de um gabinete, surgem resultados inesperados. É muito provável que um outro grande ajustamento também esteja também a acontecer dentro da economia para consumo interno. As poucas empresas que trabalham para o mercado interno mas que não dependem do estado estão a ser levadas na avalanche do ajustamento. Com uma fiscalidade cada vez maior, as empresas, ou indivíduos, que não recebem apoios do estado, tornam-se cada vez menos competitivos. Em breve, apenas restarão aquelas que servem, ou se servem, do estado. O resultado final desta distorção será um sector privado não exportador ineficiente e completamente dependente do estado. Nessa altura, alguém terá que pagar a conta, e esse alguém será o sector exportador. Talvez aí se entenda os perigos de querer dirigir centralmente os destinos de uma economia.

Sem comentários:

Enviar um comentário