sexta-feira, dezembro 28, 2012

Thatcher’s sin

É triste quando é ousadia intelectual e política preferir que serviços de saúde sejam prestados pelo mercado -- tal como os serviços de alimentação, vestuário, habitação, outros consumos pessoais e familiares -- que mais coisa ou menos coisa chegam até aos mais pobres.

Como o sistema é mais próximo do soviético, gerido por políticos e burocratas, não só é medíocre, como é racionado, como presta-se a demagogias de guerras de classe; é isto o socialismo versão light -- estagnação económica e conflitualidade social, em perpétua degradação e dependência -- deve ser o que designam por "justiça social".

Via O Insurgente, ojArquivos de Downing Street revelam que Thatcher quis acabar com serviço nacional de saúde:
As propostas, redigidas pelo Central Policy Review Staff em 1982 por instrução de Thatcher e Howe, tinham como objectivo reformar o Estado e diminuir a despesa pública. Os documentos que circularam por Downing Street notavam, claramente, que a ser executado, o plano significaria “o fim do sistema nacional de saúde”.

Sem comentários:

Enviar um comentário