sexta-feira, janeiro 18, 2013

Malinvestimento

Fraudes em lógica circular:
Não se tratando de “descoberta da pólvora” torna bem claro a lógica circular em que estes elefantes brancos “investimentos” assentavam. Cada “projecto justificava o seguinte e por aí a diante até regressarmos ao primeiro. Mero pormenor saber se cada um deles se justificava ou se teriamos capacidade de para sustentar a sua construção e manutenção e os efeitos que isso teria sobre o endividamente e os efeitos de “crowding out”. Como referia um amigo meu, de seguida contratavam uns académicos que com uns cálculos esotéricos e de impossível verificação empírica caucionavam a fraude. O mais triste é saber (suspeitar, pelo menos) que isto foi travado devido à crise económica e à escassez de financiamento e não devido a uma verdadeira mudança nas política públicas.

Sem comentários:

Enviar um comentário