sexta-feira, janeiro 11, 2013

Perpetuando socialismo terceiro-mundista

Mais Passos em falso de Gabriel Silva:
Para a história ficará que foi esta maioria PSD /CDS que perpetuou, no mínimo por mais 50 anos, um modelo de gestão monopolista e centralista num importante segmento económico. Tal decisão corresponde ao centralismo reinante e abafador em que se estrutura todo o Estado e a sociedade. Com a manutenção do monopólio e a centralização, o poder político e suas gentes assegura que manterá sempre uma palavra determinante nesse negócio.

Se se fosse devolver liberdade à sociedade e desmantelar o monopólio, o poder seria disperso pelas regiões e por vários e novos actores económicos, o que é de todo contrário aos interesses das gentes do Estado.

Esta forma de gestão do poder apenas pode desaparecer e a sociedade libertar-se desse atavismo terceiro-mundista, não com mudanças de partido governantes (que a genética centralista e socializante é a mesma), mas quando o resto se fartar e começar a agir em defesa da sua liberdade contra estas carraças que teimam em se eternizar.

Sem comentários:

Enviar um comentário