quarta-feira, janeiro 09, 2013

uma constituição da guerra política de todos contra todos

Sobretudo, é um absurdo esperar que uma Constituição que consagra "direitos" conflituantes - pior, promova o atropelo de direitos fundamentais - não possa e não seja interpretada politicamente — Tarde piam por João Luís Pinto:
Não deixa de ter alguma piada ver políticos do arco constitucional, dos mesmos partidos que construiram e ratificaram a constituição que estabeleceu o Tribunal Constitucional como um tribunal político e que há quase 40 anos nomeiam os seus membros por sua escolha política (tendo-o feito ainda no ano que passou), agora muito escandalizados (como se tivessem descoberto a pólvora) a clamar contra a possibilidade de esse tribunal tomar decisões políticas.

Sem comentários:

Enviar um comentário