domingo, fevereiro 24, 2013

Rant Liberal do Dia

Continuo a achar interessante que tantos revoltados 'apartidarios' nunca tenham pegado no 'senhor engenheiro' dos Xutos. Lá apareceu o 'Que parva que eu sou' dos Deolinda - perfeita para a geração da birra fácil e para a do tanto-esperámos-por-uma-nova-revolução. Agora vão repescar uma música com quarenta anos, uma espécie de Internacional, porque a revolução tem de aparecer em HD no YouTube, e ter mais likes que o trailer dos Les Miserables. Não se percebe se o regime infantilizou, ou senilizou, ou se esta gente é tipo aqueles teenagers do moribundo PCP e a vida continuará, ou se vai ser este o derradeiro legado da social-democracia tuga. Enfim tudo está longe de ser digno ou heróico.

Sem comentários:

Enviar um comentário