terça-feira, março 05, 2013

A matriz socialista

A matriz socialista por Alexandre Homem Cristo:
Há algo que, com o adensar dos efeitos da crise económica, cada vez mais tem sobressaído. A matriz socialista, que define a nossa economia e nos conduziu a três pedidos de resgate financeiro, fortaleceu-se. Continua onde sempre esteve. Está nos partidos, nas alegadas soluções apresentadas pelo PS (que apenas serviriam para aumentar o défice), nas propostas do PCP (que vive no registo bélico da Guerra Fria), nos motes dos manifestantes (“queremos a nossa vida de volta”), nas soluções simples do “que se lixe”, nos discursos das elites (mesmo nas ditas liberais), e na carga fiscal que os Governos impõem para acertar contas que nunca ficam certas. Mas, para além disso, a actual insatisfação com o presente tem-na alimentado, promovendo uma nostalgia pelo passado recente. De todas as mudanças que o país precisava, esta de ultrapassar a matriz socialista era a mais importante – seria o pilar de suporte para a implementação de muitas das reformas que o país precisa e aguarda. Tudo indica que, tão cedo, não sucederá.

Sem comentários:

Enviar um comentário