quinta-feira, março 21, 2013

borda fora

Rescisões no Estado chegam tarde e a más horas por António Costa:
O Governo abriu o processo de rescisões amigáveis no Estado, uma decisão que chega tarde e a más horas. O Governo que se anunciou como o mais liberal desde o 25 de Abril deixa para o fim o que deveria ter sido uma das primeiras prioridades, o verdadeiro emagrecimento do Estado, depois de levar o confisco a níveis insuportáveis e a economia a uma recessão historicamente elevada.
.. o Governo perdeu uma oportunidade única, porque tinha o dinheiro e a cobertura política, externa e interna, para o fazer. Agora, percebe-se, o Governo nunca quis reformar o Estado, optou sempre pelas soluções mais fáceis, uma banda gástrica na despesa e idas ao mcDonalds nos impostos.

Sem comentários:

Enviar um comentário