domingo, março 17, 2013

desapontamentos

Os portugueses que ficam em casa por Alberto Gonçalves:
À semelhança dos que contrapõem ao saque dos privados o aumento da despesa pública, o dr. Gaspar acredita em milagres, e de facto só um milagre dos antigos permitiria resgatar a economia através de políticas destinadas à preservação do Estado. Grosso modo, seria idêntico a curar uma enxaqueca com pancadas sucessivas no cocuruto. Se calhar, já aconteceu. Mas não é provável que volte a acontecer.

O que garantidamente acontecerá, pelo menos enquanto o Governo guardar o liberalismo para a retórica, disseminar o socialismo na prática e desperdiçar uma raríssima oportunidade de reformar os vícios caseiros, é mais do mesmo. Mais previsões falhadas, mais preces à troika, mais austeridade, mais falências, mais postos de trabalho extintos, mais "Grândolas", mais desapontamentos e mais suspeitas de que assim não só não vamos longe como nem sequer temos para onde ir.

Sem comentários:

Enviar um comentário