quarta-feira, março 13, 2013

discriminação legal contra os desempregados

Demagogia por André Azevedo Alves:
Todas as imposições legais que aumentam artificialmente o preço do trabalho potenciam efeitos adversos sobre o emprego.

No caso do salário mínimo - como sempre relembrava Milton Friedman - esses efeitos adversos concentram-se nos trabalhadores mais jovens e nos menos qualificados. Daí que possa ser considerado uma forma de discriminação legal dirigida especificamente contra os desempregados que mais dificuldades têm em entrar no mercado de trabalho formal. Uma barreira especialmente pesada e perversa em contexto de crise.

Sem comentários:

Enviar um comentário