sábado, março 02, 2013

o efeito das manifs

Será este o efeito das manifs?:
Na sequência da manif de 15 de Setembro, o governo meteu o rabo entre as pernas e desistiu da proposta da TSU, uma medida que tinha efeitos estruturantes. Seguiu-se um “enorme aumento de impostos”. Palpita-me que depois da manif de hoje o governo se prepara para congelar o corte dos 4 bi na despesa, que a “aristocracia da corte” é unânime em rejeitar, a começar (pasme-se!) por Medina Carreira.

Esperem portanto para 2014 um “colossal aumento de impostos”. E mais recessão, obviamente. É dos livros que ela se acentua mais com aumentos de impostos do que com cortes na despesa. Mas, decididamente, temos de bater no fundo para aprendermos.

Sem comentários:

Enviar um comentário