segunda-feira, março 04, 2013

O Fim da Inocência

Excerto de O Fim da Inocência de Rui Ramos, no Expresso (conteúdo só para pagantes):
Há razões para protestar e exigir outras políticas. Pagamos muitos impostos e não percebemos o que está a ser feito para que deixe de ser assim. Mas devemos apanhar o primeiro autocarro, sem perguntar para onde vai? Em Setembro, durante a crise da TSU, a revolta pareceu fresca e original. Depois, o bafio da manipulação sectária impregnou tudo. Ouvimos as velhas palavras de ordem do PREC, vimos as agressões e as provocações típicas da "luta". Há ainda lugar para a inocência? Protestar é uma coisa. Outra coisa é fazer de "idiota útil".

Sem comentários:

Enviar um comentário