quarta-feira, abril 10, 2013

Cortes

À atenção dos bacocos que percebem muito de política e nada de matemática.

Antonio Nogueira Leite: Muita conversa por aí. Factos: salários + pensões pagas pelo estado sao mais de 90% do total dos impostos. Com os juros passam dos 105%. Para que Portugal tivesse uma despesa publica comportável sem hipotecar ainda mais o futuro, teriam de desaparecer entre 8 e 9 mil milhões. Esta é a realidade. O resto, de uma forma ou de outra, serão um montão de sacrifícios. Digam o que disserem os comentadores.

A propósito, as PPPs -- essa maravilha sobretudo guterro-socratista -- custam 1000-1500 mil milhões por ano. Renegoceie-se, e poupe-se - quanto? um terço? - uns 300-500 milhões retirados ao défice! Wow! Ainda ficam 7500-8500 milhões. Sobretudo salários e pensões.

2 comentários:

  1. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderEliminar
  2. explique lá qual é a sua matemática "alternativa"

    ResponderEliminar