quarta-feira, maio 29, 2013

Roubo intergeracional

"A nossa dívida nunca poderá ser paga" por César das Neves:
Estas são verdades "incómodas" que "muitos tentam esconder", ..

.. os reformados, que hoje estão "entre os críticos mais vociferantes", "não descontaram o suficiente para as reformas que agora gozam", pelo que não faz sentido protestar contra os cortes anunciados pelo Governo "como se fosse um roubo nos montantes acumulados". As actuais pensões são pagas pelos descontos dos actuais trabalhadores, lembra o economista.

"Se alguém pode dizer-se roubado, não são os actuais pensionistas, mas os nossos filhos e netos, que suportarão as enormes dívidas dos últimos 20 anos, e não apenas na Segurança Social", considera César das Neves.

Sem comentários:

Enviar um comentário