terça-feira, outubro 01, 2013

Abstenção e Legitimidade

Em defesa da abstenção:
Por que razão é que alguém que, por exemplo, votou num partido ou candidato que concorreu a uma eleição com um programa repleto de medidas irrealizáveis ou nocivas; que, com esse voto, deu a sua caução a essas mesmas medidas, tem mais legitimidade que alguém que se absteve por considerar que nenhum partido ou candidato se apresentava com um programa realista ou benéfico?
Por que é que quem cauciona o que depois critica tem mais legitimidade para o fazer do que quem à partida não quis ser cúmplice do eleitoralismo e da politiquice?

O Significado Da Nova Relação de Confiança Entre os Portugueses e o PS:
O Tó-Zé Seguro afirmou ontem depois do resultado das eleições autárquicas, que o “PS obteve o melhor resultado de sempre em autárquicas“, e que “há uma nova relação de confiança entre os portugueses e o PS“. Creio que “esta nova relação” pode ser observada no gráfico e na tabela abaixo, com o PS a registar menos cerca de 250 mil votos (ou menos 12%) dos votos obtidos nas autárquicas de 2009. De salientar o aumento substancial da abstenção, votos brancos e votos nulos.

Leituras (1):
Os votos em branco sobem de 94.627 para 192.832
e os votos nulos de 68.907 para 146.836
A abstenção cresceu em 538.334 eleitores não-votantes.

Abstenção de 47,4%, a mais alta de sempre em eleições locais
Votos brancos e nulos subiram para mais do dobro face a 2009

Sem comentários:

Enviar um comentário