quinta-feira, fevereiro 26, 2015

O Estado somos nós?

O Estado somos nós? por José Manuel Moreira:
.. dois sentidos muito diferentes do termo Estado. Um, que designa a sociedade organizada, com governo autónomo, em que nós somos todos membros do Estado: o Estado somos nós. E outro, como diria B. de Jouvenel, que denota o aparelho que governa a sociedade. Aqui os seus membros são os que partilham do Poder: o poder são eles. Ora a esperteza destes, que vivem da gestão e controlo dos interesses instalados, foi conseguir deslocar o sentido da palavra de modo que o Estado, em vez de significar o aparelho que comanda a Sociedade, passasse a traduzir a ideia de que a Sociedade se comanda a si mesma. Uma fraude intelectual inconsciente que levou a que o aparelho governamental, de expressão da Sociedade, se transformasse em máquina estatal com poderes e interesses próprios. Truque feito, antes, em nome de um Estado de bem-estar, e agora em defesa do bem-estar de um Estado cada vez mais capturado por uma oligarquia que se afirma como dona disto: num para si tudo e para os outros o rigor da lei.

Sem comentários:

Enviar um comentário