segunda-feira, novembro 21, 2016

Liberdade do Estado

Poupar é ser livre por André Abrantes Amaral:
A extrema-esquerda, e este PS que lhe dá palco, não gosta de quem poupa porque quem o faz não precisa dela. É independente, livre de escolher outro caminho. A sociedade ideal, a sociedade estável, é aquela em que se trabalha no Estado ou em empresas que estejam debaixo do olho do governo. Se somarmos a isso o não termos qualquer poupança que nos valha nos tempos de aflição, não passamos de ovelhas de costas viradas para os lobos. Poupar tornou-se um ato de resistência.
Ódio de classe! por Maria de Fátima Bonifácio:
Também aprendi a “acumular dinheiro”!!! Quer dizer, a poupar o necessário para evitar depender de terceiros. Aprendi o valor da independência, condição da liberdade, o meu valor supremo .. Tenho orgulho de classe. Porquê? Porque a civilização burguesa, a que pertenço, foi a primeira civilização na História a dignificar o esforço e o trabalho.

Sem comentários:

Enviar um comentário